Prefeitura Municipal de Salvador
0
0
0
s2sdefault

Uma equipe de gestores da Prefeitura de Salvador está em Medellin, na Colômbia, para dar início ao projeto de cooperação internacional entre as duas cidades. Participam da missão o secretário de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Sérgio Guanabara, a presidente da Fundação Mario Leal Ferreira (FMLF), Tânia Scofield, o superintendente de Trânsito (Transalvador), Fabrizzio Muller, e o gerente da Prefeitura-Bairro de Cajazeiras, Alan Muniz.

 

A missão internacional de intercâmbio iniciou começou nesta terça (05), com visita à Agência de Cooperação Internacional (ACI) para conhecer as estratégias municipais para promoção global e atração de investimentos. Na ocasião, o departamento de comunicação da Prefeitura de Medellin apresentou detalhes sobre o projeto SOS Paisa, através do qual se buscam aliados no exterior que queiram colaborar com a cidade, contribuindo para o desenvolvimento local.

 

Os gestores participaram ainda de uma reunião com a subsecretária de Planejamento, Cláudia Garcia, para trocarem informações sobre os planos de desenvolvimento urbano de ambas cidades. Nesta quarta (06), a equipe visitou a secretaria que cuida das questões de mobilidade em Medellin, e no dia seguinte, irá conhecer, in loco, as soluções implementadas na cidade para a interconexão dos espaços públicos.

 

"A cidade de Medellin passou por uma transformação grande nos últimos 25 anos em função da requalificação dos espaços públicos, da interligação com diversos modais de transporte. A mobilidade foi uma das responsáveis, junto com a requalificação do tecido urbano, pela interconexão dos espaços públicos, e eles fizeram isso de forma magistral, sendo um exemplo para o mundo", avalia o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller.

 

Salvador já assiste a avanços na requalificação de espaços públicos, com a Orla renovada, praças construídas ou reconstruídas em várias áreas da cidade, sobretudo nas populares, de modo a promover o retorno das pessoas a esses locais. Na área de mobilidade, também é possível apontar avanços, como a construção de novas vias, a exemplo da mais recente Mãe Stella de Oxóssi, e a renovação e reorganização das linhas de ônibus, que diminuiu o tempo de deslocamento pela cidade.

0
0
0
s2sdefault